Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
6º Congresso Nacional Simepetro Reúne Empresários no Rio de Janeiro

064As empresas produtoras de óleos lubrificantes e graxas passam por um momento decisivo. Depois de quatro anos, entra na reta final o processo de recadastramento das empresas. Durante o 6º Congresso Nacional Simepetro, realizado no Rio de Janeiro, os empresários puderam discutir sobre o que ainda falta e, principalmente trocar informações sobre o mercado que os espera.

Durante a abertura o presidente Carlos Ristum lembrou um pouco dessa trajetória, destacando que aqueles que conseguiram o registro pela Resolução 18, certamente passarão a ter uma empresa mais estruturada, com foco na qualidade gerando novas oportunidades de negócio.

070

Falando em nome da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, o superintendente de Abastecimento, Aurélio Amaral destacou que uma das funções do Departamento é fazer o mercado andar. “É com esse olhar, essa característica que eu tenho procurado analisar e dialogar com o setor”.

Ele afirmou que recebeu mais de 50 empresas nos últimos dois meses e que tem procurado entender os problemas. “Nem sempre todas as solicitações são possíveis de resolver, mas naquilo que foi possível, que nós não estávamos sujeitos a nenhuma sanção legal, nos flexibilizamos. Alguns casos nós tivemos que levar ao último estágio que é a revogação. Não é nossa intenção, mas é nossa função”.

079

Palestras

Após a abertura solene o palestrante Ericsson Silveira, gerente de vendas da Vendas & Valor apresentou a palestra – “Fatos Portadores de Futuro – Base para preparação de um planejamento”. Segundo ele, a coisa mais importante que uma pessoa precisa ter é a inteligência, é decodificar a informação que recebe.

104

Logo, quando se faz uma avaliação de fatos portadores do futuro, pode-se dar um posicionamento bastante razoável para o direcionamento da sua empresa. “Não precisa ser uma grande empresa para fazer isso, você precisa estar com a percepção antenada para as oportunidades e adversidades que o ambiente externo fornece para a sua organização”, explica.

Para facilitar essa compreensão, ele trouxe para a palestra vários fatos portadores de futuro, que tem real influência sobre o mercado de lubrificantes, para que os participantes pudessem perceber oportunidade e ameaças e, principalmente, para que possam se preparar e se defender delas.

O segundo tema da tarde foi a palestra “Pensa que SAP é grande para sua empresa? Todos os benefícios da SAP agora disponíveis para pequenas e médias empresas”, ministrada pelo country manager da Exxis Brasil, Leandro Cacciatore.

138

“O palestrante destacou que o SAP Business One é um ERP desenvolvido pela SAP,  para Pequenas e Médias Empresas que possuem faturamento anual a partir de R$ 1 milhão/ano. Segundo Cacciatore, o SAP Business One atende nativamente a 90% as necessidades de qualquer ramo de atividade. “os 10% restantes são necessidades especificas que cada empresa tem e que são atendidas com simples customizações”.

Essa adaptações, explica, podem ser feitas de acordo com o interesse e necessidade da empresa. Além de falar do produto, Cacciatore contou um pouco da trajetória da empresa e de sua atuação no mercado nacional. A Exxis Brasil é uma multinacional com operações no Chile, Peru, Equador, Uruguai e Paraguai.