Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Fórum reunirá especialistas do setor de lubrificantes – 16/11/11

O Instituto Brasileiro de Petróleo, Gas e Biocombustíveis – IBP está programando para o dia 18 de abril de 2012, mais um Fórum de Debates sobre Óleos Lubrificantes, no Rio de Janeiro. O evento pretende abordar de forma consistente os principais temas pertinentes ao setor de lubrificantes, com importantes parcerias internacionais.

A Comissão de Lubrificantes e Lubrificação do IBP está preparando um importante evento para o setor de lubrificantes brasileiro, com uma abordagem técnica de grande consistência, trazendo representantes internacionais dos principais segmentos ligados ao mundo dos lubrificantes. Produção e tecnologia de óleos básicos, com a visão do cenário nacional e mundial, mostrando as tendências principais das novas classificações automotivas, é um dos temas mais esperados do encontro.

É também esperada uma abordagem prática das principais aplicações dos óleos lubrificantes e suas consequências na produtividade e lucratividade das empresas, bem como um olhar mais atento a outros segmentos, como graxas, regulação de mercado, especificações de produtos etc.

Segundo o coordenador da Comissão, o Engenheiro Químico e consultor Pedro Nelson Belmiro, o evento cresce de importância na medida em que o Brasil se desenvolve, o mercado se amplia em volume e qualidade e a legislação se torna mais exigente. “É muito importante para o país que os agentes do mercado se reúnam e debatam sobre lubrificantes. O IBP pode nos trazer uma excelente oportunidade para o intercâmbio de conhecimento e o debate aberto, pois, sendo um fórum neutro, pode reunir com isenção todos os segmentos e interesses do mercado”, explicou o consultor.

A ideia do IBP é ressaltar o aspecto técnico do evento, com palestrantes especialistas e temas voltados ao desenvolvimento tecnológico, especificações e cenários futuros.

“Ainda teremos, em julho do ano que vem, o segundo Encontro com o Mercado, onde poderemos abordar, com mais tempo, os aspectos econômicos, números de mercado e impactos do desenvolvimento no setor de lubrificantes”, concluiu Belmiro.