Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Grupo Agecom apresenta empresas da Holding no 2° Congresso Simepetro – 04/09/09

Empresa expôs seus produtos e capacitações em evento destinado aos produtores de óleos lubrificantes e graxas

O Grupo Agecom do Brasil participou do 2° Congresso Nacional do Simepetro – Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras e Envasilhadoras de Produtos Derivados do Petróleo – como patrocinadora do evento, que reuniu as maiores empresas do segmento para discutir assuntos ligados à produção de óleos lubrificantes. O evento, aberto ao público, foi realizado no dia 28 de agosto, das 8h às 18h, no Milenium Centro de Convenções, localizado na Vila Clementino, zona sul de São Paulo.

O congresso discutiu as novas resoluções da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o segmento de rerrefino de óleo, os avanços tecnológicos nos setores automotivo e industrial, o mercado brasileiro de óleos lubrificantes básicos e medidas para prevenção e remediação de impactos ao meio ambiente.

“A legislação está mudando e é importante participarmos de eventos como esse para nos interarmos dessas alterações. O Congresso possibilitou a discussão e troca de informações entre as empresas do segmento, além de permitir a exposição para os clientes de nossas qualificações e produtos”, afirma Marcos Guerra, CEO do Grupo Agecom do Brasil.

Os visitantes da mostra receberam um material de apresentação sobre as empresas do Grupo Agecom do Brasil, seus serviços e produtos, além de conhecer todo o know how da Divisão Química da Agecom Produtos de Petróleo, com destaque para o fornecimento de matérias-primas destinadas à fabricação de lubrificantes.

“Apresentamos nossas cinco empresas no evento. Muitos clientes não conheciam as outras especialidades da Agecom, como o fato de possuirmos uma transportadora, uma envasadora, armazém, etc. Queremos otimizar o serviço e a logística para eles”, completa Maurício Oliveira Jr., diretor comercial da Agecom Produtos de Petróleo.

Perspectivas de crescimento

Durante o Congresso, o sindicato mostrou as perspectivas do setor para o ano de 2009. Segundo exposto, os números de comercialização deste ano já alcançaram os de 2007, o que representa um bom resultado, e para o próximo semestre a previsão é de grande aumento nas vendas.

“Apesar da crise, nos últimos três meses tivemos volumes maiores de comercialização do que em 2008. A previsão de crescimento do Grupo, para o ano de 2009, é de 8%, se comparado ao ano anterior”, conclui Oliveira.