Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Petrobras produzirá básicos de grupo II no Comperj – 29/07/11
Boletim Lubes em Foco
 O Plano de Negócios da Petrobras, apresentado no último dia 25 de julho, trouxe a notícia mais esperada pelo mercado de lubrificantes nos últimos anos. A empresa incluiu no projeto COMPERJ, no Rio de Janeiro, uma unidade de óleos lubrificantes, que poderá produzir básicos dentro das especificações de grupo II.

As primeiras informações dão conta de que haverá um investimento total na produção de lubrificantes de US$ 500 milhões, até 2015. A expectativa é de que se tenha uma produção anual de 400 mil metros cúbicos de óleos básicos, com início previsto para janeiro de 2016.

Ainda não se tem números precisos, mas a apresentação do Plano de Negócios da Petrobras para o período de 2011 a 2015 deixou claro que a empresa olhou com atenção para o segmento de lubrificantes, ao incluir uma unidade de produção de óleos básicos no projeto COMPERJ, refinaria que está sendo construída na cidade de Itaboraí, no estado do Rio de Janeiro.

A unidade de lubrificantes foi avaliada como uma unidade rentável que agrega valor ao projeto, principalmente porque aproveitará grande parte das facilidades instaladas no complexo, utilizando petróleo da bacia de Campos.

Segundo fontes da Petrobras, a empresa não pretende paralisar ou reduzir sua produção atual de lubrificantes básicos do grupo I, nas refinarias Reduc e Rlam e nem de naftênicos na Lubnor, portanto, a produção esperada pelo projeto COMPERJ, a partir de 2016, será acrescentada ao volume normal produzido pela Petrobras, que hoje está em torno dos 603 mil metros cúbicos. Não está descartada a hipótese de se poder produzir também básicos de grupo III.

Há muitos anos, o mercado brasileiro de lubrificantes espera pela notícia de que a Petrobras poderá fabricar, no país, óleos básicos hidrogenados que atendam às necessidades das especificações mais modernas de óleos lubrificantes, principalmente os automotivos.