Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Setembro decepciona em qualidade dos lubrificantes – 29/10/10

Lubes em Foco

 O Programa de Monitoramento da Qualidade dos Lubrificantes executado pela ANP mostra, no mês de setembro, uma piora da qualidade dos óleos lubrificantes no mercado brasileiro. Os números, que haviam melhorado sensivelmente em agosto, voltaram a decepcionar, com 23,8% de não-conformidade em qualidade.

De acordo com as informações liberadas pelo programa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP, o percentual de não-conformidade relativo à qualidade dos lubrificantes, aumentou de 16,1% no mês de agosto para 23,8% em setembro, que representa um retrocesso ao mesmo nível de problemas enfrentado no mês de julho.

Desse percentual de não-conformidades, os problemas referentes a aditivação insuficiente, ou mesmo à falta de aditivos, representaram cerca de 38% das amostras analisadas, enquanto 25,4% apresentavam viscosidade fora de especificação.

Um dos itens mais preocupantes dos relatórios da ANP para o mês setembro foi a presença de básico naftênico em 19,6% das amostras e a presença de extrato aromático em 1,4% delas. A presença desses componentes inaceitáveis para óleos automotivos demonstram claramente a má intenção de fabricantes que focam exclusivamente o lucro e a concor rência desleal e inescrupulosa.

A lista de amostras não-conformes com relação à Qualidade encontra-se detalhada no anexo 3 do boletim da qualidade no site www.anp.gov.br