Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Simepetro participa do Lubgrax Meeting – 09/09/10

José Roberto Godoy

Foto: Iara Morselli/Revista Lubgrax

 

Com a participação de 205 pessoas, o Lubgrax Meeting, 1º Fórum Executivo e de Negócios em Lubrificantes, Fluidos, Óleos e Graxas, organizado pela Sergio Ávila Editora e Eventos, mostrou competência e diversidade em sua estreia no mercado.

O comprometimento da organizadora com o mercado já pôde ser percebido logo pelo discurso de abertura realizado por Sérgio Ávila que finalizou com a seguinte frase: “Que o Lubgrax Meeting seja o primeiro tijolo de um muro que se pretende construir alto, forte e bem ancorado na área de comunicação dirigida, a exemplo de seu inspirador e por quem não hesitamos em reverenciar, o mercado de lubrificantes”.

Na sequência, José Roberto Godoy, diretor do Simepetro (Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras e Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo), abriu o evento apresentando um panorama do mercado de lubrificantes, onde salientou a necessidade premente do setor em se preparar para as normas vigentes e para aquelas que entrarão em vigor em breve.

Na sequência, Joseph Purnhangen, gerente comercial para o mercado Lubrizol Corporation, abriu o quadro de aditivos, onde discorreu sobre as “Novas tecnologias de aditivos para aplicações em lubrificantes industriais”, novidades essas que, segundo ele, permitem processos mais rápidos e simples, além de operações mais fáceis e sustentáveis. Em seguida, os químicos Camila de Paula e Silvio Blanco Vernabel, ambos da Wacker Silicones, dividiram o palanque para falar sobre “Soluções para lubrificantes industriais”, entre eles os fluidos de silicone e o trabalho desenvolvido pela empresa para atingir vários níveis de viscosidade, além da importância do controle da espuma e as características que o antiespumante deve apresentar para ser considerado eficiente.

Outra empresa internacional, foi a de Mike Brown, gerente técnico e de negócios lubrificantes e óleos da SK Lubricants, detentora de 40% da capacidade mundial de óleo básico Grupo III. Com o tema “Óleos do Grupo III – Aplicações, vantagens e tendências”, Brown destacou a necessidade premente de redução de enxofre nas formulações, salientando que as montadoras estão cada vez mais exigentes em relação a redução de emissão de CO2.

Um dos pontos altos do quadro de aditivos foi a palestra proferida por Felipe Abambres Lopes, assistente técnico da Miracema-Nuodex, que levou o tema “Performance de pacote de aditivos multifuncionais a base de compostos contendo Bismuto, Enxofre, Fósforo e Zinco em graxa de lítio”, onde demonstrou três tipos de pacotes elaborados pela empresa, através de dados coletados pelo laboratório da Miracema-Nuodex.

O evento – Lubrificação
Sem perder o ritmo, a segunda parte do Lubgrax Meeting começou chamando a atenção pela palestra sobre os “10 erros mais comuns na contaminação de lubrificantes”, ministrada por Marcello Attilio Gracia, diretor da franquia da consultoria Noria no Brasil. Como o próprio palestrante falou no inicio, o objetivo maior do tema era jogar pedra nos conceitos tradicionais que envolvem a lubrificação. Na lista do profissional, não foi poupada nenhuma área, atingindo assuntos como falta de procedimentos, práticas inconsistentes, erros nas aplicações e uso indevido de lubrificante.

Logo após, entrou Greice Patrícia Fuller, sócia-diretora da Gabriel Advogados Associados, que abordou a nova resolução da política nacional de resíduos sólidos que foi sancionada no dia 02 de agosto deste ano. Em sua palestra, a profissional salientou que a nova legislação atingirá desde o setor público até o privado, incluindo pessoas físicas e jurídicas. Mas, que ainda existem pontos a serem regulamentados, que devem ocorrer em até 90 dias da data de vigência. “A lei fala sobre a possibilidade de ocorrer incentivos fiscais para as empresas que se adequarem, mas mesmo isso ainda não está claro”, destacou.

Em um momento de descontração, Carlos Fernando de Abreu, diretor comercial e de marketing da Bandeirante Brazmo, apresentou o tema “DNA – Afinal, o que podemos fazer pelos nossos resultados?”, com o objetivo de preparar o gestor para as novas exigências do cliente, estimulando a equipe para atendê-lo em todas as suas necessidades e não só cobrando resultados, além de estipular estratégias e planejamentos mais adequados à empresa.

Para encerrar o evento, Sergio Manzoli, responsável pela série de curós “Milagre da Lubrificação”, da Silubrin, apresentou a palestra “Confiabilidade na Lubrificação”, onde destacou, entre outras necessidades, a de utilizar filtros mais eficientes e avançados de forma a evitar ao máximo a contaminação do óleo que, segundo ele, nem sempre vem estéril do fabricante, evidenciando as vantagens dessa prática através de cases de fabricantes que conseguiram redução de custos e problemas operacionais significativa.

No final do evento, a Sergio Ávila Editora realizou o sorteio de um notebook para as pessoas que preencheram os formulários de avaliação entregues na entrada do evento. O vencedor foi Ricardo Peixoto Gomes, gerente de desenvolvimento de produtos da Ipiranga Química. Os resultados obtidos com os formulários serão tabulados e divulgados na próxima edição da revista Lubgrax, preservando a identidade dos respondentes.