Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Grande Rio aposta nos royalties do petróleo

Quarta escola a desfilar no último dia do Grupo Especial, a Grande Rio traz para a Marquês de Sapucaí o polêmico tema da divisão dos royalties do petróleo. No Rio, o assunto foi tema de grandiosa campanha do governo do Estado em 2012, “Veta, Dilma”, pedindo à presidente da República que não sancionasse o projeto de redistribuição. A escola nega ter recebido patrocínio dos municípios produtores de petróleo.

O enredo “Amo o Rio e vou à luta: Ouro Negro Sem Disputa!” é assinado pelo carnavalesco Roberto Szaniecki. O polonês naturalizado brasileiro já foi campeão duas vezes do carnaval de São Paulo, mas nunca conquistou o título do Rio.

Para conseguir a vitória pela primeira vez, o carnavalesco pretende mostrar todas as etapas da indústria petrolífera, com direito a muitos efeitos de iluminação: sete quilômetros de lâmpadas de LED, até em fantasias.

A escola de Duque de Caxias é conhecida por sua constelação de estrelas no desfile. A atriz Cléo Pires, por exemplo, vai tocar na bateria da Grande Rio.

O destaque da bateria, a também atriz Suzana Vieira, de 70 anos, defendeu a escolha do enredo da agremiação e pediu temas mais críticos e próximos da sociedade. “Só de falar de uma coisa política, o tema já é válido. Nós, cariocas, temos direito aos royalties. Acho que as escolas deveriam voltar a fazer críticas sociais, parar um pouco de mostrar coisas tão distantes de nós”.

 

Fonte: Estadão