Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Incêndio paralisa produção de refinaria da Petrobras – 01/03/10

Um incêndio paralisou a produção da refinaria Duque de Caxias, da Petrobras, no estado do Rio. O fogo começou numa subestação de energia ontem, no fim da tarde, e foi controlado por técnicos da empresa. O corte de luz interrompeu o funcionamento da unidade por mais de doze horas. Ninguém ficou ferido. A Petrobras ainda não divulgou a causa do incêndio e informou que o abastecimento de combustíveis não será prejudicado.

Sem energia elétrica, toda a produção está paralisada. A Petrobras informou ainda que o corte de luz foi uma medida de segurança.

Nesta manhã, parte da energia elétrica voltou, mas não foi suficiente para que os trabalhos fossem retomados. Ainda não há previsão de quando a refinaria voltará a funcionar.

Telefones e internet estão fora do ar, por isso funcionários do setor administrativo foram liberados às dez da manhã. Segundo a empresa, os clientes não serão afetados, porque ainda existem estoques de combustível e gás para o abastecimento.

A refinaria Duque de Caxias é considerada a mais completa do sistema Petrobras. A unidade fica na rodovia Washington Luiz, na Baixada Fluminense, e ocupa uma área de treze quilômetros quadrados.

Segundo a página da refinaria na internet, a Reduc comercializa 52 produtos derivados de petróleo, entre eles lubrificantes, gasolina, óleo diesel, gás natural e nafta, utilizado como matéria prima para outros produtos. A refinaria ainda é o principal fornecedor de querosene de aviação para o aeroporto Tom Jobim.

O incêndio de ontem começou por volta de cinco e meia da tarde, na unidade onde funciona a subestação da refinaria. De acordo com o sindicato dos petroleiros, ela gera energia para todo o funcionamento da Reduc.