Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
Simepetro - Sindicato Interestadual das Indústrias Misturadoras, Envasilhadoras de Produtos Derivados de Petróleo
(11) 3207 0072
Sorocaba sediará Oficina sobre Logística Reversa de Óleos Lubrificantes

O Grupo de Monitoramento Permanente da Resolução Conama n° 362/05 – GMP, realizará no próximo dia 22 de agosto, em Sorocaba, uma Mini Oficina de Capacitação sobre Logística Reversa dos Óleos Lubrificantes Usados ou Contaminados – oluc.

As oficinas têm por objetivo disciplinar a prática correta da destinação do óleo lubrificante usado ou contaminado. A resolução determina que o resíduo “deverá ser recolhido, coletado e ter destinação final, de modo que não afete negativamente o meio ambiente e propicie a máxima recuperação dos constituintes neles contidos”.

Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, o GMP é constituído por representantes de órgãos federais, estaduais e municipais, setor empresarial e sociedade civil. Ao longo dos últimos anos o GMP já realizou oficinas em diversas regiões do país, orientando sobre as exigências da Resolução, bem como conhecendo as dificuldades e realidades dos setores produtivos locais.

De acordo com o diretor Executivo do Sindirrefino (Sindicato Nacional da Indústria do Rerrefino de Óleos Minerais), Walter Françolin, Sorocaba foi sugerida pelo secretário-adjunto de Meio Ambiente de São Paulo, Rubens Rizek, por ser um importante polo industrial, possuir boa infraestrutura, além do fácil acesso à Capital.

É importante ressaltar que de acordo com a Portaria Interministerial n° 59, de fevereiro de 2012, a região sudeste deverá coletar 42% do oluc gerado. No ano passado, o Estado de São Paulo não conseguiu atingir os índices de coleta, o que vem preocupando os setores envolvidos com a questão.

No último mês de junho, a Secretaria de Meio Ambiente firmou um Termo de Compromisso com o setor produtivo, no sentido de fortalecer essa coleta. “A oficina permitirá discutir as ações a serem tomadas, além de orientar os técnicos ambientais para a intensificação da fiscalização. A sistemática de coleta do oluc não é novidade no Estado, mas é importante que todos permaneçam atentos, para que o sistema continue funcionando”, explica Françolin.

Até o momento já confirmaram presença no evento o secretário-adjunto de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Rubens Rizek e o superintendente de Fiscalização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Carlos Orlando Enriques da Silva.

Os membros do GMP estarão à disposição para atender a imprensa durante a realização da Mini-Oficina. Os interessados em participar da Mini-Oficina poderão se inscrever no site: www.sindirrefino.org.br